Este blog tem como objetivo divulgar textos, poemas, poesias, dinâmicas de grupo, peças de teatro, músicas, videos, entre outros.
Navegue por este blog, é um convite do coração
e se você gostar seja um seguidor. Grata pela sua visita






terça-feira, 23 de novembro de 2010

Natal, momento de reflexão, de avaliação e de elaboração de novos roteiros...

                                                                               Maria Inês Machado
Natal, momento de reflexão, de avaliação  e de elaboração de novos roteiros que podem ser vivenciados nos anos subseqüentes, tendo sempre como referencial O Cristo de Deus.
Neste sentido desejamos compartilhar com você estes momentos, deixando que o a nossa imaginação adentre pelo campo da suavidade desta poesia/musica do inesquecível  John Lennon o qual  marcou não  apenas a minha geração, mas também as gerações subseqüentes.

No Mundo da imaginação John Lennon propoe:
 “ Imagine que não existe  paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum inferno abaixo de nós
Acima de nós só  o céu
Imagine todas as pessoas
Vivendo o momento...”
(Não existem os eleitos do céu, nem os condenados da terra, existe igualdade de oportunidades, onde através da reforma íntima todos podem galgar os patamares do “céu”(Mundos evoluídos) que está acima da nossa atual  condição espiritual, como nos fala o poeta: (Acima de nós só  o céu)
Imagine que não existem  países
Não é difícil  fazer
Nenhuma razão para  matar ou morrer
E sem religião também
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz...”
(A proposta da divisão  não é uma proposta Divina. O projeto de Deus para o homem é que seja co-criador e, nesta proposta não existe lugar para separativismo, para destruição e sim para a união, ajudua mútua, no qual os países ricos dão suporte aos em desenvolvimento.Com relação a religião a proposta é de religação com Deus. Segundo pesquisas  o homem tem  o gene da Divindade portanto, não tem como passar para a condição de destruidor de almas, não existem tronos na fé que liberta e que consola.  Portanto o poeta renega a religião dos homens,de interesses mesquinhos, mas não a religião do Amor que promove a paz.)
 “ Imagine nenhuma  posse
Será que   você consegue
Sem necessidade de ganância ou fome
Uma fraternidade da humanidade
Imagine todas as pessoas
Compartilhando o mundo todo...”
(A terra é um celeiro de bençãos, a fertilidade do solo é inquestionavel,os avanços tecnologicos expressam a inteligência humana, porquanto os esfarrapados, os mendigos, os famintos,  so existem porque ainda estamos engessados no egoísmo. Através do medicamento do amor,  nos apropriamos do sentimento de solidariedade, tão somente assim desenvolveremos a fraternidade legitima)
“Você pode dizer
Que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero  que um dia
Você se junte a nós
E o mundo, então, será como um só.”
Em tempos de Natal, onde nos munimos dos instrumentos da fraternidade, convém darmos asa a nossa imaginação e refletirmos nos sonhos possíveis de serem realizados, para tanto precisamos ter olhos de ver e ouvidos de ouvir... Os benfeitores espirituais nos alertam que  já adentramos no Mundo de regeneração, portanto, devemos sair do plano da contemplação para a ação.
Na canção, o poeta nos convida a união de esforços para a construção de um mundo melhor. Este mundo tão cantado e decantado é viável, mas para a concretização deste sonho é necessário dar uma nova direção ao nosso olhar e observamos a lei do Amor que conduz o homem à condição do homem de bem.
                                     

2 comentários:

  1. Seu blog e excelente, seus textos também são ótimos, vou tentar me inspirar no seu blog para melhorar o meu, se quiser depois e só da uma olhada o link ta logo a baixo: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Derland pelas palavras estimuladoras

    ResponderExcluir